Quinta, 09 de Dezembro de 2021
11985561761
Dólar comercial R$ 5,53 0%
Euro R$ 6,27 0%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.061%
Bitcoin R$ 291.215,29 -2.062%
Bovespa 107.986,62 pontos +0.4%
Noticiais viagens, turismo

Festas de fim de ano: ViajaNet aponta os destinos mais comprados pelos turistas brasileiros

Entre os destinos nacionais São Paulo fica em primeiro lugar no ranking, enquanto Nova Iorque, Santiago e Lisboa competem entre as posições do top 3 de voos internacionais

11/11/2021 14h26
Por: Rubia Menezes Fonte: Giovanna Scarparo

O final do ano vem aí e, com ele, surge também aquela vontade de fazer uma viagem para relaxar e curtir as festas. Com o avanço da vacinação, a vida normal começa, aos poucos, a voltar de maneira otimista: mais de 50% da população brasileira já está completamente vacinada, segundo o Ministério da Saúde. Por isso, muitas pessoas já estão começando a planejar as viagens de final de ano - tanto para aproveitar a alta temporada, quanto para celebrar o recuo da pandemia de COVID 19, que paralisou o país durante quase dois anos. 

 

A retomada do setor turístico é uma das principais apostas para melhorar a situação econômica. Uma pesquisa feita pelo ViajaNet, agência virtual de turismo, evidenciou alguns dos principais destinos nacionais e internacionais para passar o Natal de 2021. Dentre os três primeiros destinos no ranking nacional, estão São Paulo (12,4%), Rio de Janeiro (6,6%) e Salvador (6,3%), que são capitais amplamente procuradas. Na volta da "vida normal", não foi diferente. 

 

"São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador são destinos muito queridos e procurados por brasileiros nas festas de fim de ano. Isso porque, apesar de muito diferentes, as três cidades unem pontos muito importantes: são metrópoles, com atrações urbanas, e também contam com destinos para a natureza – as belíssimas praias de Salvador e do Rio de Janeiro que o digam. Mas São Paulo também não fica para trás: é possível fazer trilhas para cachoeiras e conhecer as áreas verdes da capital paulista", explica Daniely de Oliveira, Gerente de Comunicação do ViajaNet. 

 

Já para os destinos internacionais, ainda segundo levantamento, os três primeiros colocados no ranking foram os seguintes: Nova Iorque (EUA), com 13,4%, Lisboa (Portugal), com 10,8%, e Santiago (Chile), com 7,7%. Os destinos internacionais mais procurados são bem diferentes entre si, inclusive nas línguas e nas culturas locais. Nova Iorque, conhecida mundialmente como uma das maiores metrópoles do mundo, traz uma infinidade de atrações turísticas que vão desde festas e os comércios no grande centro urbano até o famoso Central Park.

 

Já Lisboa tem uma grande vantagem: por ser uma cidade europeia mais voltada para o turismo, a capital portuguesa não fica para trás no oferecimento de atrações turísticas históricas; praias e restaurantes também são um destaque de Lisboa – porém é importante frisar que, em dezembro, faz inverno na Europa, e também nos Estados Unidos. 

 

Santiago é muito semelhante com São Paulo e Nova Iorque: mais urbana, apesar de também concentrar pontos em que é possível se conectar com a natureza. Atrações históricas e restaurantes famosos podem entrar no pacote. Por ser mais próximo do Brasil, acaba sendo uma opção de viagem mais curta e que vale a pena.

 

Perspectivas para viagens de Ano Novo são similares

 

O ViajaNet também analisou as compras de passagens aéreas para o período do Réveillon e os planos dos brasileiros para a data festiva é similar ao do Natal. Com relação aos destinos nacionais, São Paulo segue liderando no ranking, com 12,2%. No entanto, em segundo lugar, temos Recife (7,3%), seguido de Salvador (6,8%). Para este feriado, o Rio de Janeiro caiu para a quarta posição (6,2%). 

 

Com relação aos destinos internacionais, o levantamento mostra que o interesse por Santiago cresceu para o Ano Novo, em comparação com o Natal. No feriado de 25 de dezembro, a cidade chilena estava na terceira posição, enquanto para a virada do ano, assume o primeiro lugar no ranking, com 14,2%, seguido por Lisboa (10,8%) e Nova Iorque (7,7%). 

 

A pesquisa foi feita com base na emissão de passagens aéreas previstas para as festividades durante o mês de dezembro deste ano. A apuração contabilizou as compras feitas até o dia 5 de novembro.

 

Ele1 - Criar site de notícias